sexta-feira, 30 de novembro de 2007

volto ao blog a pedidos. pedidos de alguém que eu não consigo descrever, e, mesmo que conseguisse, ninguém entenderia, mesmo...
por que quem pode entender algo assim?? nem eu entendo, na verdade. e sei que não sou a única que não entende. se um dia vc entender, já não sei se quero que vc me explique. acho que pra mim está muito bom assim. tem coisas que simplesmente são. sem explicação e nem entendimento. e desse modo louco elas são perfeitas, não? pelo menos pra mim é assim que elas parecem estar nesse momento...
ah, querido, se vc me diz que eu fiz tanta diferença na sua vida (eu realmente não saberia repetir as suas palavras naquele momento, mas saiba que certamente o conteúdo do que foi dito não poderá ser esquecido) eu devo dizer que não posso imaginar o que seria a minha vida ou quem eu seria sem todas as conversas, brincadeiras, abraços, rolos, brigas, discussões, músicas, telefonemas nos piores horários, depressões, risadas, gargalhadas... bom, posso não ser a dona das palavras bonitas, mas sei que vc entende, mesmo que seja o único.
enfim, muitas palavras podem ser usadas, mas não sei se tanto é necessário para que se atinja o entendimento. especialmente quando ele pode ser atingido sem que nenhuma palavra seja dita...
me parece que só o que faltou no seu pedido foi contar a diferença que a estrela-do-mar fez na vida do homem. talvez aquela não faça diferença na vida dele, mas essa faz muita diferença na minha...

*****

hahahahah
quem liga, meu amor??
tem uma pessoinha que sem querer está mexendo com a minha cabeça de novo... que pena, não? só quero me desligar de tudo isso e me divertir demais!!!
sim a faculdade é legal, mas não quero mais endeusar nada e muito menos ninguém, então me divirto com todos que querem se divertir. se os meus amigos querem ir pra casa de André no sábado à noite, eu vou. se o P-35 quer ir à feira dos paraíbas, eu vou. se vai ter choppada, eu vou. desde que não seja deprimente e não me coloque pra baixo...
afinal, se eu tenho que agüentar tudo isso dentro de casa, que pelo menos e me divirta horrores fora dela... (ou que pelo menos os telefonemas dados continuem no nível atual)
mas eu devo dizer que se as conversas nas saídas com meus amigos forem continuar nesse nível de vcs falarem as coisas mais baixo nível e momentos depois André me perguntar "vc já amou?", eu vou ter que me preparar melhor na próxima vez...

e me parece que amanhã será um dia bem cheio, com os trabalhos do Normando, a choppada, o vinho e a ida à lapa. se eu agüentar tudo isso...


So hail a taxi cab and come around here
And i will meet you right outside.
I got some dvds and a couple of beers,
If you want to,
We can stay up all night.
It's nothing fancy, just a little couch and me
And conversation for your mind.
So let's explore all the possibilities
Of the things that we both talked about last time.

pq isso parece me lembrar alguma coisa?? quero tudo isso de novo...

Um comentário:

Sergio disse...

agora eu fiquei sem palavras...
=]]]

beijos,

ps: agradeço pelo pedido atendido